E AMANHÃ,

By , 13 February, 2021 4:24 pm

CRISTINA SCHIEL

Image result for iMAGEM DO rEI mOMO

“…e no entanto é preciso cantar.Mais que nunca é opreciso cantar.É preciso cantar e alegrar a cidade…”
E amanhã?

Amanhã você estaria às 9h ou 10h ou 11h da manhã em algum lugar previamente e secretamente combinado com o “Vai Quem Quer”. Crianças, muitas, muitas e famílias inteiras estariam ali, com a tradicional (muita) chuva nessa época em Brasília, cantando marchinhas, tantas marchinhas que amamos. E lá pelas tantas, algum raivoso (bolsonarista) gritaria da janela “cala a boca, que bagunça” só porque alguém gritou “Lulalivre” e o Raul Behs puxaria com muita categoria para amansar a ira do alucinado fascista, acompanhado pelos foliões: “meu coração/não sei porque/bate feliz/quando te vêêê”. Ou mesmo apareceria na sacada de uma varanda um casal idoso saudando a festa momesca e a multidão, para retribuir o carinho cantaria novamente “meu coração/não sei porque/bate feliz/quando te vêêê.”Ah, amanhã você estaria às 9h, 10h ou 11h cantando no centro do Rio de Janeiro “quem não chora não mama/segura meu bem/a chupeta”.Ou mesmo estaria às 7h da manhã no Recife já a espera do Galo da Madrugada.Ou estaria descendo e subindo as ladeiras de Ouro Preto, Mariana… com a gente jovem das repúblicas de estudantes.Ou ainda estaria escolhendo entre os circuitos Osmar/Campo Grande ou Barra/Ondina, ao som de “chiclete, chiclete, quero chiclete” ou no Expresso 2222 do Gil.Aaahh… amanhã você estaria esperando o “Galinho”, o “Babydoll de Nylon”, o “Aparelhinho”, o “Asé Dudu”, a “Baratinha”, o “Pacotão”, o “Suvaco da Asa”, o “Mamãe Taguá”, a “Tesourinha’, o ‘Calango Careta’… Aaaah, você estaria purpiranada, enfeitada, fantasiada, se desdobrando pras crianças se divertirem junto contigo.Mas, você, eu e todos nós estamos aqui. Em frente às nossas telinhas e telonas, esperando um milagre, o bom senso e a consciência dos brasileiros para que tudo passe rápido e você volte à purpurina.Enquanto a purpurina tá na gaveta e a lágrima do Pierrot tá na caixa de maquiagem aguardando ser desenhada, nossa alegria ainda tá aqui também. Tá dentro do peito de cada folião brasileiro que faz do Carnaval a festa mais desejada do planeta, a festa mais democrática do país, quando você pode ser quem quiser, da dama da corte real no vestido de alguma ala de escola de samba, ao super herói de quadrinhos ou à prostituta chique de Paris dos anos 20. É a festa mais amada e desejada. É a festa brasileira em sua essência. E amanhã estaremos com nossa alegria de carnaval guardada na gaveta, mas ela ainda estará aqui. Guardada com muita paciência para quando o próximo fevereiro chegar quando a saudade já não mata a gente e a chama continua no ar.Bom Carnaval em casa! 22 é logo ali.

��

Leave a Reply

Panorama Theme by Themocracy